Na capital espanhola, um golo do belga Yannick Ferreira-Carrasco, aos 45+3 minutos, num lance com muitas culpas para Ter Stegen (o guarda-redes alemão mais parecia estar a atuar como defesa central), deu o quinto triunfo seguido aos ‘colchoneros’, que vão ‘dormir’ na liderança da prova.

Félix foi rendido no Atlético Madrid aos 84 minutos, segundos depois de Francisco Trincão, no FC Barcelona, ter sido lançado pelo técnico Ronald Koeman (ex-Benfica).

A equipa de Diego Simeone, a única que ainda não somou qualquer derrota na Liga espanhola, passou a somar 20 pontos e espera por um ‘tropeção’ da Real Sociedad, que joga no domingo no campo do Cádiz.

Em Madrid, o FC Barcelona somou a terceira derrota em oito jogo e segue num impensável 12.º lugar, com 11 pontos, com a possibilidade de cair ainda mais na classificação durante a jornada.

Destaque ainda para o Sevilha, treinado por Julen Lopetegui (ex-FC Porto), que bateu em casa o Celta Vigo, por 4-2, num encontro em que esteve a perder por 2-1, e subiu provisoriamente ao sétimo posto, com 13 pontos.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.