“O Atlético Madrid e o Chelsea alcançaram um princípio de acordo para a transferência de Diego Costa. O acordo está dependente da formalização do contrato entre o nosso clube e o avançado internacional espanhol”, indica o clube na sua página oficial.

Os ‘colchoneros’, que só podem inscrever jogadores em janeiro de 2018, indicam também que o Chelsea autorizou Diego Costa a viajar para Madrid nos próximos dias e a submeter-se aos habituais exames médicos prévios a uma assinatura de contrato com o clube.

A ida para Madrid é um regresso para Diego Costa, que esteve vinculado desde 2007 ao clube, transferido pelo Sporting de Braga, e depois de ter dado nas vistas no Penafiel, mas acabou emprestado até se afirmar em 2012.

O internacional manteve-se em Braga, por empréstimo, seguindo depois para Celta de Vigo, Albacete e Valladolid, e em 2010/11 entrou no Atlético Madrid, cumprindo 38 jogos, com oito golos marcados.

De seguida e após uma lesão, voltou a ser cedido, ao Rayo Vallecano, mas regressou em 2012/13 (44 Jogos/20 golos) e ainda cumpriu a época de 2013/14 (52 jogos/36 golos).

O avançado acabaria por ser transferido para o Chelsea, com o qual conquistou duas ligas inglesas, depois de também ter sido campeão em Espanha, com o Atlético Madrid.

A imprensa espanhola tem avançado que o jogador, de 28 anos, regressa a Espanha, num acordo que levará o Atlético a pagar 55 milhões de euros, mais 10 em variáveis, ao Chelsea.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.