Com o internacional português Renato Sanches de início, os bávaros inauguraram o marcador através do ‘inevitável’ Robert Lewandowski, aos 32 minutos, antes de o francês Kingsley Coman aumentar a vantagem, aos 65.

Leon Goretzka, que tinha rendido o médio luso no segundo tempo, dilatou o marcador, aos 85, e ainda cometeu uma grande penalidade em tempo de compensação, permitindo a Berkan Taz anotar o tento de honra do Energie Cottbus, aos 90+3 minutos.

O Wolfsburgo também seguiu em frente na prova, mas apenas decidiu a eliminatória com o Hallescher, do terceiro escalão, no prolongamento, depois do empate 3-3 no tempo regulamentar.

Felix Drinkuth (43 minutos) e Sebastian Mai (57) marcaram para o conjunto de Halle, só que os ‘lobos’ responderam por Wout Weghorst (44), Yannick Gerhardt (49) e William (70).

Quando tudo apontava para o triunfo do Wolfsburgo, que já atuava com 10 elementos, por expulsão de Josuha Guilavogui, o avançado Mathias Fetsch empatou o encontro, aos 90 minutos, obrigando à disputa do ‘tempo extra’.

No prolongamento, Robin Knoche e Josip Breckalo terminaram rapidamente com as esperanças do Hallescher e deram o triunfo aos ‘lobos’, com tentos apontados aos 92 e 94 minutos, respetivamente.

Nos outros jogos do dia, o Karlsruher eliminou o Hannover, ao vencer por 2-0, enquanto o Estugarda, que na última época desceu ao segundo escalão, bateu o Hansa Rostock, por 1-0.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.