Boasson Hagen cortou a meta ao fim de 5:06.09 horas, cinco segundos menos do que o alemão Niklas Arndt (Sunweb), segundo, e 17 do que o belga Jens Keukeleire (Orica-Scott), terceiro, depois de uma fuga de nove elementos que se destacou nos últimos 13 quilómetros, de onde o norueguês atacou para a sua primeira vitória no ‘Tour’ desde 2011.

No sábado, os ciclistas enfrentam o contrarrelógio individual de Marselha, com 22,5 quilómetros de extensão, que se configura como a última oportunidade de fazer a diferença nos primeiros lugares da geral individual.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.