Em jogo da terceira jornada do grupo A da competição mais importantes de clubes na América do Sul, o campeão brasileiro e vencedor da Libertadores em 2019, sob o comando do treinador português Jorge Jesus, foi ‘atropelado’ pela equipa equatoriana.

Moisés Caicedo (40 minutos), Angelo Preciado (49), Gabriel Torres (59), John Jairo Sánchez (81) e Beber Caicedo (92) foram os marcadores na goleada, que superou o anterior pior registo do ‘Mengão’ na prova, em 1984, frente ao Grêmio (5-1).

Este foi ainda a maior derrota da equipa do Rio de Janeiro desde há 11 anos, quando perdeu em 2009, no Brasileirão, com o Coritiba, também por 5-0.

O Flamengo, que conquistou quase tudo o que era possível com Jorge Jesus — Taça Libertadores, campeonato, Supertaça sul-americana e Supertaça brasileira -, contratou no final de julho o treinador espanhol Domenec Torrent, ex-adjunto de Pep Guardiola.

Torrent chegou para substituir Jorge Jesus, que renovou com o clube, mas acabou por regressar a Portugal e ao Benfica, mediante o pagamento da cláusula de rescisão, mas não tem conseguido grande resultados.

Na Libertadores, a equipa sofreu a primeira derrota, no primeiro jogo de Domenec Torrente, e é agora segunda colocada, com seis pontos, atrás do Independiente del Valle, que soma três vitórias em três jogos.

No campeonato brasileiro o Flamengo está também longe do desempenho de Jorge Jesus, com três derrotas e dois empates em 10 jornadas, ocupando o quinto lugar.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.