“Haverá um dia que terei de me retirar. Deixem-me anunciar quando chegar o momento. Por agora, tranquilidade. Ontem [quinta-feira], fui observado pelo Dr. Filipe Macedo. Está tudo bem. Isso sim é uma grande notícia que queria dar a todos”, escreveu Casillas.

O guarda-redes recupera de um enfarte agudo do miocárdio, tendo hoje estado no Olival, de visita aos colegas de equipa do FC Porto, antes do jogo de sábado, da 34.ª e última jornada da I Liga, diante do Sporting.

Em 01 de maio, o futebolista sentiu-se mal no treino dos ‘dragões’, que mais tarde comunicaram a hospitalização de Casillas e a gravidade da situação, com o jogador a ser sujeito a um cateterismo.

Na quinta-feira, em entrevista ao jornal O Jogo, o presidente do FC Porto, Pinto da Costa, disse que o guarda-redes ainda tem um ano de contrato e que a vontade é que permaneça “na estrutura do FC Porto”.

“E não é apenas mais um ano. O Casillas é um dos nossos e terá sempre lugar no FC Porto”, afirmou Pinto da Costa.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.