"Estamos determinados em organizar os Jogos Olímpicos e Paraolímpicos no próximo verão como prova de que a humanidade derrotou o vírus", disse Yoshihide Suga no seu primeiro discurso político ao parlamento japonês desde a tomada de posse, em setembro.

"Continuaremos a fazer o nosso melhor para tornar o torneio seguro", acrescentou.

Desde que tomou posse, o novo primeiro-ministro japonês manteve a mensagem do seu antecessor sobre a vontade dos anfitriões de avançar com os Jogos, apesar das dificuldades para organizar um evento tão grande durante a pandemia.

O Governo japonês e o Comité Olímpico Internacional decidiram em março adiar os Jogos de Tóquio para o verão de 2021, devido à crise de saúde global causada pela propagação da Covid-19.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.