Podemos começar já com um esclarecimento: o golo de cabeça que Cristiano Ronaldo marcou ontem à Sampdoria e que ajudou a Juventus a conquistar três pontos em mais uma jornada do campeonato italiano não foi aquele em que o capitão da seleção nacional cabeceou a maior altura.

Nada disso tira mérito aquele cabeceamento a 2,56 metros de distância do relvado, mas é importante recordar que em 2013, ao serviço do Real Madrid, num jogo diante do Manchester United, clube que representou depois de sair do Sporting CP e ao serviço do qual venceu a primeira Liga dos Campeões e Bola de Ouro, CR7 marcou um golo de cabeça a 2,97 metros de altura.

Ronaldo andava distante da versão que o mundo do desporto conhecia, os tentos marcados pela seleção nacional pareciam não conseguir esconder a falta de brilho com as cores da Juve. Mas Cristiano, respondeu como só Cristiano responde: fez das adversidades trampolim para aquele que é o seu melhor momento de forma desde que assinou pela Vecchia Signora.

O golo marcado ontem, em cima do intervalo, o quinto consecutivo do português esta temporada em que já soma um total de 12 golos pelo clube (23 se somarmos os tentos assinados ao serviço da seleção na fase de qualificação para o Euro 2020) e a elevação que deixou o próprio surpreendido no final do jogo quando confrontado com a curiosidade de se ter elevado a mais de dois metros e meio de altura, deixaram, portanto, a Internet em polvorosa.

A Marinha portuguesa deu as boas-vindas ao número 7 da Juventus, numa publicação 'assinada' pelos helicópteros e que rapidamente se tornou viral. Curiosamente a conhecida página Insónias em Carvão também estava nos ares pela mesma altura e intercetou também o voo de CR7.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.