Além dos ‘dragões’, que vão desembolsar um valor alto por declarações difundidas pela ‘newsletter’ Dragões Diário, também o lanterna-vermelha do campeonato, já despromovido à II Liga, terá de pagar 9.560 euros.

No caso dos ‘fogaceiros’, as críticas à arbitragem do encontro, que teve várias intervenções do vídeoárbitro (VAR), foram deixadas nas redes sociais do clube de Santa Maria da Feira.

Bruno Paixão foi o árbitro principal de um encontro que os 18.º e último classificado começaram a ganhar, com um golo de Sturgeon, mas em que os líderes do campeonato, com mais dois pontos que o campeão em título FC Porto, igualaram de penálti, aos 40, por Pizzi.

No segundo tempo, as ‘águias’ consumaram a reviravolta com um ‘bis’ do suíço Seferovic, melhor marcador do campeonato, e um golo de André Almeida.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.