A terceira etapa do rally Dakar, que ligou San Miguel de Tucumán a San Salvador de Jujuy, na Argentina, ficou marcada por um grave acidente. O piloto de motos Ivan Jakes foi atingido por um raio a 300 quilómetros da meta. Apesar das fortes dores no braço, o eslovaco conseguiu chegar ao fim da etapa do dia na 15ª posição a 33 minutos e 39 segundos do vencedor, Joan Barreda Bort.

No final, Jakes passou pelo posto médico onde foi descartada qualquer lesão ou problema de saúde.

Através das redes sociais, o piloto eslovaco tranquilizou os fãs.

"Queremos dizer aos fãs e amigos que o Ivan está bem e consciente. Ele foi atingido por um raio numa tempestade durante a terceira etapa. Por sorte, estava com os pés no chão junto aos pneus da moto, com o objetivo de se isolar. Estamos num hospital em Jajuy para fazer análises e ficar em observação", pode ler-se na rede social Facebook, tendo ficado claro que se espera que Jakes continue na competição.

Ivan Jakes  é 12º da classificação geral e espera estar apto para a quarta etapa, que tem partida em San Salvador de Jujuy e termina em Tupize já na Bolívia.

O eslovaco já é bem conhecido no Dakar tendo, em 2013, conseguido alcançar um quarto lugar.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.