Shapovalov, classificado na posição 143 da hierarquia, superiorizou-se a Nadal, em três ‘sets’, pelos parciais de 4-6, 6-4 e 7-6 (7-4), em duas horas e 45 minutos.

Face à ausência do líder do ‘ranking’ mundial, o britânico Andy Murray, Nadal tinha hipótese de regressar à liderança do ‘ranking’ mundial, o que não sucede desde 23 de junho de 2014.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.