Os adeptos portistas não arredaram pé do recinto após o jogo da tarde, na vitória (2-0) sobre o Estoril Praia, da 34.º e última jornada, esperando quase uma hora para que a cerimónia de entrega do troféu fosse feita no centro do relvado.

Todos os jogadores do plantel que somaram minutos nesta conquista, incluindo os guarda-redes Cláudio Ramos e Francisco Meixedo, o defesa Rúben Semedo e o avançado Fernando Andrade, que no jogo de hoje tiveram oportunidade de se estrearem neste campeonato, foram chamados, individualmente, a uma estrutura montada no tapete verde.

Elementos como Pepe, Zaidu, Taremi ou Otávio foram dos mais saudados pelos adeptos que preencheram as bancadas do recinto ‘azul e branco’, para o jogo da consagração, uma semana depois de terem assegurado o título na casa do Benfica, com a vitória por 1-0, selada por um golo do defesa nigeriano.

Depois de passarem por uma pequena comitiva liderada pelo presidente da Liga Portuguesa de Futebol Profissional, Pedro Proença, e na qual se incluía o líder do clube, Pinto da Costa, jogadores e respetiva equipa técnica receberam as medalhas alusivas à conquista do campeonato, reunindo-se, depois, no palanque da consagração.

Curiosamente, na sua passagem pelo local, foi o treinador Sérgio Conceição que colocou ao peito de Pinto da Costa uma das medalhas de campeão, num gesto que deixou o dirigente visivelmente emocionado.

Depois desse momento, Pedro Proença encaminhou a taça de campeão da I Liga para juntos dos jogadores, com o capitão dos dragões Pepe e o técnico Sérgio Conceição a serem o os primeiros a erguê-la, para gáudio dos adeptos.

No final da cerimónia, toda equipa deu uma volta pelo relvado do Estádio do Dragão, ‘partilhando’ a conquista com os seus adeptos.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.