"Após ponderada reflexão, foi tomada pelos membros candidatos da Lista C às eleições do Sport Lisboa e Benfica, representante do Movimento Todos P'lo Benfica, a decisão de não ir até ao fim com esta candidatura e já foi comunicada essa decisão ao Presidente da Mesa da Assembleia Geral", escreveu Bruno Costa Carvalho na sua conta de Facebook.

Segundo o ex-candidato, a desistência deve-se às "circunstâncias impostas" à Lista C e aos "interesses maiores do Sport Lisboa e Benfica", mantendo, porém, a convicção que este projeto ser "aquele que melhor acautela o futuro do Benfica".

"O único motivo que nos leva a tomar esta atitude reside na vontade que sempre manifestamos de não dividir uma oposição que deveria agregar os Benfiquistas para um novo ciclo de mudança", continua Bruno Costa Carvalho

O empresário volta assim a desistir de um ato eleitoral, depois de tê-lo feito em 2016, permitindo a Luís Filipe Vieira concorrer sem oposição, e de ter sido derrotado em campanha em 2009 contra o atual presidente do Benfica.

Bruno Costa Carvalho apresentou-se nestas eleições como cabeça de lista, mas teve de ser substituído por Luís Miguel David por não ter os os 25 anos consecutivos de sócio efetivo exigidos pelos estatutos, compondo também a lista José Barão das Neves (Mesa da Assembleia Geral) e Pedro Martins (Conselho Fiscal).

Assim, mantém-se na corrida Luís Filipe Vieira (Lista A), à frente do clube desde 2003 e procurando ser reeleito para um sexto mandato, João Noronha Lopes (lista B) e Rui Gomes da Silva (lista D), que foi vice-presidente do Benfica entre 2009 e 2016.

Bruno Costa Carvalho, porém, deixa críticas aos outros candidatos, não declarando apoio a nenhum. "Defendemos publicamente a necessidade da existência de uma lista única de alternativa à actual Direcção, mas tal não se revelou possível por manifesta falta de vontade e de humildade de outras candidaturas que, lamentavelmente, nunca procuraram quaisquer consensos", escreve.

As eleições dos órgãos sociais do Benfica, antecipadas em dois dias devido à proibição de circulação de pessoas entre concelhos, como medida de combate à pandemia de covid-19, decorrem na quarta-feira, das 08:00 às 22:00 horas, no Pavilhão n.º 2 do Estádio da Luz, em Lisboa, e em 24 casas do clube dispersas de norte a sul do país.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.