“O João precisa de acreditar que tem condições de vencer. Acho que cada um deles tem 50 por cento de chances de ganhar. Ele tem que entrar bem taticamente e acreditar, até porque o Tsitsipas não é nenhum Djokovic ou Nadal”, afirmou, em declarações à agência Lusa.

O encontro referente aos quartos de final frente ao jovem grego, que figura no 10.º lugar da hierarquia ATP, está agendado para sexta-feira no ‘court’ central, a partir das 13:00, e Passos garante que o jogador de Oliveira de Azeméis, 214.º classificado no ‘ranking’ mundial, está preparado para tentar a qualificação inédita para as meias-finais no Clube de Ténis do Estoril.

“No final do treino de hoje perguntei-lhe como estava a sentir a direita. Ele disse que estava bem e a ‘spinar’ bem. Questionei sobre a esquerda e ele respondeu que estava muito boa e a conseguir mudar bem a direção. Deu-me cinco aspetos positivos em menos de 10 segundos, o que é um ótimo sinal. Agora só precisa de acreditar”, revelou o treinador que conduziu Gustavo Kuerten ao topo do ‘ranking’ mundial, após a vitória deste diante André Agassi na Masters Cup em Lisboa, em 2000.

Larri Passos integrou esta semana a equipa técnica do número três nacional, constituída por André Podalka, João Antunes e Danyal Sualehe e o preparador físico João Peralta.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.