De acordo com o estudo, 38% dos jogadores ativos no futebol relataram ter sofrido sintomas de depressão em 2015, de acordo com os dados apresentados.

"O discurso público em torno da saúde mental nos desportos de elite está a mudar, e os atletas estão na linha da frente para melhorar a forma como a sociedade lida com esses problemas de saúde", disse Jonas Baer-Hoffmann, secretário-geral da FIFPro.

De acordo com o comunicado emitido na página oficial da organização na Internet, o objetivo principal deste encontro é o de alertar para a saúde mental e para os vários sindicatos dos jogadores para darem assistência aos seus membros.

"Isto é encorajador, mas, ao mesmo tempo, a maioria dos jogadores ainda não recebe todo o apoio de que precisa. O ‘workshop’ faz parte de uma iniciativa ainda maior promovida pela FIFPro para construir vários sistemas de apoio para os jogadores em todos os países membros", concluiu.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.