“O nosso campeão cumpre hoje 50 anos. Estamos contigo”, lê-se na página oficial da Ferrari na rede social Twitter, adiantando que, a partir de hoje, a exposição “Michael 50” está aberta e mostra a “história e a extraordinária carreira” de Schumacher.

O alemão, que esteve 11 anos ligado à Ferrari, está afastado da vida pública desde que sofreu graves lesões cerebrais em consequência de um acidente de esqui, em 2013, e a sua condição atual tem sido mantida na privacidade da família.

Na exposição, estão em exibição vários monolugares que Schumacher utilizou nos cinco títulos mundiais que conquistou com a escuderia italiana, entre 2000 e 2004, e também o monolugar que levou ao triunfo no campeonato de construtores, em 1999.

Schumacher, que detém ainda o recorde de vitórias em Grandes Prémios, com 91, sagrou-se igualmente campeão mundial de F1 pela Benetton, em 1994 e 1995.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.