Alguns adeptos da seleção ‘tricolor’ terão proferido cânticos homofóbicos aos 24 minutos de jogo, no momento em que o guarda-redes alemão Manuel Neuer batia o pontapé de baliza.

Esta não é a primeira vez que a federação do país é multada por questões de homofobia.

O caso mais recente foi em novembro de 2017, quando o México chegou a ser repreendido por os mesmos motivos pelo Tribunal Arbitral do Desporto da FIFA, que acabou por não avançar com o processo.

O México defronta ainda a Coreia do Sul em 23 de junho, em Rostov do Don, e a Suécia, no dia 27, em Ecaterimburgo, nos restantes jogos do Grupo F do Campeonato do Mundo, que arrancou em 14 de junho e termina em 15 de julho.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.