O campeão brasileiro e sul-americano iniciou a competição com jogadores da formação e sem o treinador português e terminou o Grupo A no segundo lugar, com os mesmos 13 pontos do Boavista, e disputou uma vaga no encontro decisivo com o rival Fluminense, vencedor da ‘poule’ B.

Bruno Henrique, logo aos três minutos, e Gabriel Barbosa, aos nove, deram vantagem ao ‘mengão’ na primeira parte, tendo o lateral esquerdo Filipe Luís ampliado a diferença, aos 50, até que Luccas Claro e Evanilson, aos 61 e 71, respetivamente, reduziram para o clube ‘tricolor’.

O Flamengo, que conquistou esta Taça Guanabara em 33 ocasiões, incluindo no ano passado, vai disputar a final, no dia 22 de fevereiro , frente ao vencedor do embate entre Boavista e Volta Redonda, que está marcado para domingo.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.