A janela de transferências que se encerra hoje à meia-noite já viu Cristiano Ronaldo e Lionel Messi mudarem de clube. Viu ainda o Paris Saint-Germain, num golpe certeiro de zeros, digno das mais elevadas artes marciais financeiras, contratar o astro argentino, Sergio Ramos (ex-Real Madrid), Georginio Wijnaldum (ex-Liverpool) e Gianluigi Donnarumma (ex-AC Milan) - e ainda a sentir-se à vontade para desembolsar 60 milhões de euros por Achraf Hakimi junto do Inter de Milão.

O clube milanês, aliás, foi um dos que lutou para 'sobreviver' durante estes duros meses de mercado. Onze anos após ter conseguido voltar a conquistar o título da Serie A, os Nerazzurri viram sair o treinador Antonio Conte e o principal artilheiro da equipa, Romelu Lukaku, que, apesar das promessas da direção do Inter, foi para o Chelsea, atual campeão europeu, tornando-se assim no jogador que mais dinheiro movimentou na história do futebol, 327,56 milhões de euros.

Mas atenção, isto nem é a ponta do icebergue.

Recapitulando. O Manchester City bateu o recorde de transferência mais cara de sempre da Premier League, ao desembolsar 117,5 milhões de euros por Jack Grealish, junto do Aston Villa. O Manchester United conseguiu (finalmente) fechar a contratação de Jadon Sancho ao Dortmund. Rapahel Varane trocou o Real Madrid pelo United e David Alaba deixou o Bayer Munich, a custo zero, para assinar pelos madrilenos.

Depay deixou França e assinou pelo Barça, o primeiro da era pós-Messi. Tammy Abraham, sem espaço no Chelsea, reforçou a AS Roma de José Mourinho e Martin Ødegaard, o eterno prodígio norueguês, finalmente libertou-se do Real Madrid e assinou pelo Arsenal.

Para além de tudo isto ainda houve aquelas novelas que não se concretizaram: a transferência de Harry Kane para o City, uma eventual saída de Haaland do Dortmund ou ainda, com um ou outro ponto de interrogação, face às imprevisibilidades das últimas horas do mercado, a saída de Kylian Mbappé da capital francesa rumo a Madrid.

Quer receber isto diretamente no seu e-mail? Subscreva a newsletter do SAPO24

Em Portugal o mercado também foi mexido. O campeão Sporting reforçou-se cá dentro com as contratações de Manuel Ugarte ao Famalicão e de Ricardo Esgaio ao Sporting de Braga. O FC Porto viu chegar Pepê, Wendell, Bruno Costa e Fábio Cardoso. Já o SL Benfica voltou a puxar dos cordões à bolsa e pagou 17 milhões de euros pelo ponta de lança Roman Yaremchuk, que jogava no Gent e foi um dos destaques da seleção da Ucrânia este Euro. Reforçou-se ainda com a contratação a custo zero de João Mário, uma transferência que ainda promete fazer correr muita tinta devido à cláusula anti-rivais que o jogador, ex-Sporting, tinha no seu contrato com o Inter de Milão. Para além disso, o clube da Luz arrumou a casa com as saídas de Pedrinho, Luca Waldschmidt, Nuno Tavares e Franco Cervi.

No todo, podíamos até arriscar dizer que nunca houve um mercado assim, acima de tudo pelo significado das movimentações. Os dois melhores jogadores dos últimos anos mudaram de clube, a liga espanhola vê-se sem nenhum dos maiores astros, à falta de Ronaldo e Messi não conseguiu que nomes como Haaland ou Mbappé aterrassem no segundo campeonato do ranking da UEFA. O Real Madrid perdeu não só o seu capitão como a dupla de centrais que lhe valeu quase uma mão cheia de Ligas dos Campeões. O Inter perdeu o ponta de lança que podia ser a alavanca para voos que fariam relembrar outros tempos da história do clube.

Mas se tudo isto parece muito, é importante que nos relembremos que o mercado só fecha à meia-noite e que, até lá, ainda podem acontecer algumas coisas dignas de receber uma notificação de última hora no seu telemóvel:

  • Real Madrid: O clube espanhol perdeu o capitão, numa saída mal explicada por parte do clube, e o seu companheiro no miolo da defesa, Raphael Varane. No entanto, é mais à frente que os Merengues têm concentrado os esforços em fazer uma grande contratação neste defeso. O objetivo era Kylian Mbappé, mas a proposta de 200 milhões de euros parece ter sido insuficiente para convencer o Paris Saint-Germain que em 2017 pagou 180 milhões pelo mesmo jogador. Assim, a saída de Mbappé deverá ser, ao que tudo indica, adiada para a próxima época e os esforços do Real passam a concentrar-se em Eduardo Camavinga, jovem de 18 anos do Rennes que deverá ser uma das grandes confirmações deste último dia.
  • Chelsea: Depois de uma última época em que atacaram forte o mercado e foram altamente recompensados com a conquista da Liga dos Campeões, os Blues podem também vir a ser estrelas do último dia de mercado. A equipa londrina está a tentar fechar o central Jules Koundé, do Sevilha, e o médio Saúl do Atlético de Madrid.
  • FC Barcelona: Com a saída de Messi e a lesão de Sergio Agüero, os Catalães estão a tentar um nome de última hora para o ataque. João Félix, por empréstimo, e Edison Cavani já foram ligados aos Balugrana, mas nenhuma das movimentações parece plausível de acontecer. Resta-nos esperar por alguma movimentação surpresa.
  • Wolverhampton: A armada portuguesa lusa de Inglaterra aguarda expectante este último dia de mercado. Bruno Lage pode estar na eminência de perder Rúben Neves para o Manchester United. Ao mesmo tempo, os últimos rumores apontam para uma ida de Renato Sanches para os Wolves, por empréstimo.
  • FC Porto: O último dia do mercado promete ser agitado para os Dragões. Apesar de não existir nenhum nome na calha para entrar nos azuis e brancos, existem vários membros fundamentais da equipa que podem sair, numa ótica de equilíbrio das contas. São eles Mbemba, Jesús Corona, Sérgio Oliveira e Luis Díaz.
  • Sporting CP: Os campeões nacionais têm estado a passar impávidos e serenos por este mercado, tendo-se conseguido reforçar e, para já, manter algumas das pérolas que brilharam na época passada. Serão horas para ver se o clube de Alvalade terá força para manter nomes como Nuno Mendes e Palhinha e se poderá fazer uma última gracinha no mercado.
  • SL Benfica: Espera-se que o clube da Luz confirme esta terça-feira a chegada do lateral/ala direito Lázaro, do Inter, e que arrume a casa. Carlos Vinicius, Seferovic, Jota, Gabriel, Taarabt e Chiquinho são nomes que estão na calha para uma eventual saída durante o dia de hoje.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.