"Infelizmente hoje não foi possível vencer este jogo. Entrámos logo a perder. Às vezes o futebol é irónico, e os jogos em que jogamos melhor acabamos por perder", disse João Mário aos jornalistas na zona mista.

O médio português lamentou a derrota num jogo em que Portugal esteve "por cima". "Acreditámos sempre, e o adversário faz três remates e dois golos, há pouco a dizer. (...) Tentámos até ao último minuto e não foi possível".

Ainda que o resultado deixe os portugueses e a equipa "muito tristes", João Mário lembra que não se pode achar que tudo está perdido. Este é um grupo forte, com jovens e com um futuro risonho pela frente. "Este é o mesmo grupo que foi campeão da Europa, não se pode apagar tudo agora", disse.

A seleção portuguesa de futebol foi hoje eliminada ao perder com o Uruguai por 2-1, em jogo disputado no Estádio Ficht, em Sochi, na Rússia.

Portugal foi para o intervalo a perder por 1-0, graças a um golo de Edinson Cavani, aos sete minutos, mas Pepe ainda igualou para a equipa das 'quinas', aos 55 minutos.

Pouco depois, aos 62, Cavani bisou na partida, com um golo que acabaria por dar o triunfo aos sul-americanos.

Nos quartos de final, o Uruguai vai defrontar na sexta-feira a França, que hoje eliminou a vice-campeã mundial Argentina (4-3).

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.