De 2016 até hoje, o Canelas 2010 não é o mesmo. É certo que o ADN se mantém, mas daquela equipa maioritariamente composta por elementos dos Super Dragões, apenas Fernando Madureira (o líder da claque do FC Porto, mais conhecido por Macaco) e Isaac Santos (atual presidente do clube, cargo que acumula com o de treinador-adjunto da equipa) se mantêm.

É difícil dissociar o Canelas de dois temas, violência e FC Porto. O primeiro, por razões óbvias: há sensivelmente três anos e meio, um vídeo que foi colocado no YouTube correu mundo e deu ao clube a reputação de "violento", reputação essa que só se intensificou com a agressão de um atleta a um árbitro, cerca de um ano depois do vídeo ter sido posto a circular. O clube foi notícia um pouco por todo o mundo e, entre boicotes de equipas e de árbitros aos seus jogos, a verdade é que "violência" e "Canelas" passaram a andar lado a lado. Quanto à ligação aos Dragões... também não é menos óbvia: o seu líder e capitão de equipa é, também ele, o líder dos Super Dragões, principal claque do FC Porto.

Contudo, o Canelas 2010 não é "só" violência e FC Porto. Há também o casal Pinela, que há quase 30 anos cuida das instalações do clube e dos seus jogadores quase como se fossem seus filhos. Na verdade, a palavra "família" faz também parte do vocabulário de quem vive o Canelas por dentro. A união entre todos, talvez potenciada pela reputação menos abonatória da equipa, faz com que as suas ligações vão para lá das de companheiros de trabalho. O Canelas é também o palco onde o Nando, o Rafa, o Pami e o William fazem aquilo de que mais gostam - jogar futebol. É também o local onde Tiago Margarido se senta no banco e aos 31 anos comanda uma equipa que tem muitos jogadores que o ultrapassam em idade.

E quem está no futebol tem sonhos. O do Canelas 2010 - ou, pelo menos, aquele que está mais presente - é o de defrontar o FC Porto nas meias-finais da Taça de Portugal. Foi com esse sonho na cabeça que visitámos o clube, sentimos aquilo que se passa no balneário e fora dele, e que agora vos contamos a história de uma equipa que quer ser conhecida por mais do que a fama que a persegue.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.