Patrícia Mamona, vice-campeã olímpica e campeã europeia de pista coberta de triplo salto, recebeu a condecoração de Grande Oficial da Ordem do Mérito e Auriol Dongmo, campeã europeia e mundial de pista coberta do lançamento do peso, a de Comendador da Ordem do Mérito.

Patrícia Mamona foi condecorada na sequência da medalha de prata no concurso do triplo salto nos Jogos Olímpicos Tóquio 2020, acumulando com o grau de Comendador que tinha recebido em 2016.

Para Marcelo Rebelo de Sousa, esta nova condecoração ilustra o espírito de conquista da atleta.

“A sua carreira não tem parado de subir e vai subindo nos sucessos. Um dos méritos que [a Patrícia Mamona] tem, além do instinto vencedor, é a consistência e a persistência”, disse o chefe de Estado.

Quanto a Auriol Dongmo, condecorada no seguimento do título mundial de lançamento do peso em pista coberta, conquistado em março deste ano, Marcelo Rebelo de Sousa acolheu a atleta no “leque das excecionais”, desejando que continue os sucessos desportivos e a “atirar mais longe”.

A cerimónia, que decorreu no Palácio de Belém, foi acompanhada pelo Presidente do Comité Olímpico de Portugal (COP), José Manuel Constantino, pelo Secretário-geral do COP, José Manuel Araújo, pelo Chefe de Missão a Tóquio2020, Marco Alves, e pelo diretor desportivo do COP, Pedro Roque.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.