Na primeira sessão no circuito de Aragão, Miguel Oliveira rodou em 1.49,445 minutos, em que foi 11.º entre os 23 pilotos, melhorando ligeiramente o registo de tempo no segundo bloco de voltas, com 1.49,425, mas não indo além do 18.º posto.

“Foram treinos com boas sensações, tive muito perto do ‘top-10′ na primeira sessão, em 11.º. Na segunda, de tarde, experimentámos algumas afinações diferentes no trem dianteiro, que acabaram por não resultar como queríamos”, disse no final o piloto.

Mesmo assim, Miguel Oliveira está otimista, por considerar que existe margem para no sábado “melhorar o tempo”.

“Amanhã [na qualificação, no sábado] vamos ao ataque e melhorar a nossa posição”, acrescentou.

O piloto natural de Almada encontra-se em ano de estreia no MotoGP, categoria em que segue em 18.º lugar, com 26 pontos após 13 corridas.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.