Rooney deixou de ser utilizado regularmente na primeira equipa do Manchester United e tem sido associado a uma possível transferência milionária para a China, onde a janela de transferências encerra na próxima semana.

O treinador português tinha afirmado há três semanas que Rooney não deixaria o Manchester United antes do final da época, mas não garantiu o mesmo agora, durante a conferência de imprensa de lançamento do jogo da segunda mão dos 16 avos de final da Liga Europa, frente aos franceses do Saint-Étienne.

“Evidentemente, não posso garantir isso. O que posso garantir é que, se Wayne [Rooney] deixar um dia o clube, não será porque eu quero que ele deixe o clube”, disse Mourinho. “Jamais empurrarei ou tentarei empurrar uma lenda deste clube para outro destino”, acrescentou.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.