O português Fernando Pimenta sagrou-se hoje campeão do mundo de K1 5.000 metros, ao vencer a prova dos Mundiais de canoagem que decorrem em Racice, na República Checa.

Este é o primeiro título mundial individual do atleta limiano.

"A seguiu a uma prata inédita, veio o ouro inédito". "Não quero acreditar que consegui o título de campeão do mundo. É surreal", disse o atleta em declarações à RTP no final da prova. "Hoje é para comemorar", acrescentou.

"Sei que os portugueses querem sempre medalhas, vitórias, mas ninguém mais do que nós quer as medalhas".

Pimenta dedica esta vitória a todos os portugueses, em especial "a todos os heróis da paz". Que como o seu pai, bombeiro voluntário, "neste momento percorrem Portugal de lés a lés, muitas vezes com as piores condições do mundo, para defender o que é dos outros".

Algo comovido, Vitór Félix, presidente da Federação de Canoagem faz um balanço bastante positivo da participação portuguesa nos Mundiais de canoagem que decorrem em Racice, na República Checa. Ver Fernando Pimenta, "um super atleta", ser campeão do mundo "é algo muito gratificante", disse o presidente.

Recorde-se que este sábado, Fernando Pimenta já se tinha sagrado vice-campeão na distância de K1 1000 metros.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.