Depois de ter feito um 'hat-trick' na final do ano passado - vitória sobre o Kashima Antlers no prolongamento, por 4-2 -, o português voltou a ser decisivo no triunfo dos campeões europeus, desta vez sobre os vencedores da Taça Libertadores, marcando o único golo do encontro, aos 53 minutos, de livre direto.

Este é terceiro título do Real Madrid nas últimas quatro edições - em 2015 ganhou o FC Barcelona - e o sexto no total, incluindo três na versão Taça Intercontinental, conquistados em 1960, 1998 e 2002. O Real Madrid encerra o ano com mais um título, depois da Liga espanhola, Liga dos Campeões, Supertaça europeia e Supertaça espanhola.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.