Na primeira vez numa final de um ‘major’ desde o Open dos Estados Unidos de 2015, Federer, recordista de títulos do ‘Grand Slam’, com 17, afastou Wawrinka, por 7-5, 6-3, 1-6, 4-6, 6-3, em três horas e quatro minutos.

Na final, o antigo número um mundial vai defrontar o espanhol Rafael Nadal, nono pré-designado, ou o búlgaro Grigor Dimitrov, 15.º, que se defrontam na sexta-feira.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.