Numa das reuniões do Circuito Mundial de Pista Coberta da IAAF (Associação Internacional de Federações de Atletismo), a atleta do Sporting conseguiu um concurso de grande nível, com cinco saltos acima dos 14 metros.

A vencedora da prova foi a espanhola Ana Peleteiro (14,51, recorde pessoal), medalha de bronze nos Mundiais de pista coberta em 2018, com a segunda a ser a venezuelana Yulimar Rojas (14,45), campeã mundial de pista coberta em 2018, vice-campeã olímpica e campeã mundial ao ar livre em 2017, duas atletas do grupo de treino de Nelson Évora.

No mesmo meeting, nos 400 metros, o benfiquista Ricardo dos Santos, na sua primeira prova deste ano, foi segundo classificado na primeira série, com a marca de 47,82 segundos, a cerca de cinco décimas da qualificação para os Europeus de Glasgow 2019.

O melhor nos 400 metros foi o vencedor da série 2, o polaco Pavel Maslak, com 46,78 segundos.

Nas restantes provas, o sueco Thobiass Nilsson Montler e o cubana Juan Echevarria saltaram a mesma distância (8,08 metros); os quenianos Vincent Kibet (3.38,23 minutos) e Bethwell Birgen (3.38,69) dominaram os 1500 metros; e o melhor resultado surgiu no salto em altura masculino, com o japonês Naoto Tobe a saltar 2,35 metros, recorde do Japão, do meeting e melhor marca mundial do ano.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.