Paulo Gonçalves (Honda) concluiu o Dakar2017 em sexto lugar e foi o melhor português da geral, a quase uma hora do vencedor, depois de ter sido quinto na etapa de hoje, a 1.25 minutos do vencedor, o francês Adrien van Beveren (Yamaha). É o segundo melhor resultado de sempre de Gonçalves, depois da segunda posição em 2015.

Sunderland, de 27 anos, primeiro britânico a vencer em motas, sucede no historial de vencedores ao australiano Toby Price, que teve de desistir na quarta etapa, com lesões graves. No pódio, vai ter a companhia do austríaco Mathias Walkner, seu colega de equipa e segundo classificado, e do espanhol Gerard Farres Guell (KTM).

Peterhansel vence em carros e soma 13.º triunfo

O francês Stéphane Peterhansel venceu hoje o Rali Dakar pela 13.ª vez, sétima em carros, após a 12.ª e última etapa, disputada em Río Cuatro, na Argentina, onde a Peugeot confirmou o domínio absoluto do pódio.

Acompanhado no pódio pelos compatriotas e colegas de equipas Sébastien Loeb e Cyril Despres, Peterhansel, recordista de triunfos no Dakar nas categorias de carros e motos, juntou esta vitória ao volante de um carro às alcançadas em 2004, 2005, 2007, 2012, 2013 e 2016, Nas motas, venceu em 1991, 1992, 1993, 1995, 1997 e 1998.

A Peugeot consegue a sua segunda tripla, depois de o ter feito em 1990, ano em que se retirou dos ralis todo-o-terreno, para regressar somente em 2015.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.