Em novembro do ano passado, o jogador do Borussia Dortmund não respeitou a prioridade e o seu veíbulo colidiu com outro, num choque que não fez vítimas.

Depois da colisão, o lateral esquerdo da seleção das ‘quinas’ abandonou o local, sendo condenado, em primeira instância a 120.000 euros, mais 40 dias de trabalho comunitário, pena que mereceu recurso do jogador.

Segundo o tribunal de segunda instância, Raphaël Guerreiro terá de doar os 90.000 euros a instituições de caridade.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.