Com duas jornadas realizadas, e dois jogos ainda por cumprir segunda-feira, o campeão, que venceu por 1-0 na receção ao Elche, está com seis pontos, mais dois que Real, FC Barcelona, Maiorca e Valência.

Começou bem o Real em Valência e aos cinco minutos já ganhava por 1-0 com o golo de Gareth Bale. Mas tudo se complicou após o regresso dos vestiários.

Em dez minutos, o Levante empatou e adiantou-se, com os golos de Roger Marti (46) e José Campaña (56).

Já perto do fim, Vinicius empatou para os da capital (73) e os levantinos adiantaram-se mais uma vez, através de Robert Pier (79). Seria novamente Vinicius, aos 85, a evitar o mal pior para os 'merengues'.

O português Ruben Vezo terminou na baliza do Levante, depois de o guarda-redes Aitor Fernandez ter sido expulso, aos 87 minutos, mas o Real Madrid não conseguiu aproveitar.

Em Madrid, o argentino Angel Correia voltou a ser decisivo para o Atlético de Madrid, ao marcar o único golo da vitória do campeão sobre o Elche.

Na primeira jornada, o pequeno 'anjo' do ataque dos 'colchoneros' já tinha dado nas vistas ao bisar no triunfo sobre o Celta de Vigo, por 2-1. Correa, em verdadeiro 'estado de graça', com oito golos em oito jogos, lidera a lista dos marcadores, com os seus três golos.

Aos 39 minutos, Correa tirou partido de uma saída totalmente fora de tempo do guarda-redes elche, Kiko Casilla, para assegurar os três pontos e a liderança provisória ao clube da capital.

Dia de festa no Wanda-Metropolitano, com 24.926 espetadores nas bancadas, para ver pela primeira vez ao vivo a taça da conquista do campeonato no ano passado.

Um ano e meio depois, as bancadas abriram-se no estádio do Atlético, ainda que com limites de ingressos.

Na equipa do Atlético, estreou-se o médio argentino Rodrigo de Paul, a mais sonante contratação de verão, que esteve na seleção vencedora da Copa América. Ativo, não virou a cara ao trabalho defensivo e esteve no golo de Correa, com um passe bem medido.

O português João Félix continua fora da equipa, lesionado num pé.

Também hoje, a Real Sociedad bateu em Anoeta o Rayo Vallecano por 1-0, golo de Mikel Oyarzabal de grande penalidade, aos 68 minutos.

O português Bebé foi suplente utilizado no Rayo, entrando em campo aos 74 minutos, na tentativa de dar a volta ao resultado.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.