O relatório e contas (individuais e consolidadas) para o período compreendido entre 01 de julho de 2018 e 30 de junho de 2019 foi aprovado com os votos favoráveis da maioria dos sócios presentes, tendo-se registado um voto contra e 35 abstenções.

O vice-campeão nacional de futebol apresentou um resultado líquido positivo de 8,507 milhões de euros durante a época passada, valor que abrange, não apenas a SAD, mas todas as outras sociedades do grupo.

Durante a reunião magna foram também aprovados votos de louvor a Paulo Nunes de Almeida e Armando Magalhães, falecidos recentemente e que desempenharam, respetivamente, os cargos de presidente e vogal do Conselho Fiscal e Disciplinar.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.