Após oito vitórias nos primeiros oito jogos, a formação comandada pelo argentino Maurício Pochettino foi batida pelo Rennes, que chegou à vantagem no último minuto da primeira parte, por Gaetan Laborde, aos 45, e fixou o resultado no primeiro da segunda, por Flavien Tait.

O Paris Saint-Germain, que contou com o lateral português Nuno Mendes a tempo inteiro, enquanto Danilo permaneceu no banco, alinhou de início com Neymar, Mbappé, Di Maria e Messi.

Mbappé ainda chegou a festejar, aos 68, mas o golo foi invalidado por fora de jogo, sem conseguir amenizar o primeiro desaire na Ligue 1, que o Paris Saint-Germain continua a liderar, com 24 pontos, mais seis do que o Lens e mais oito do que o Nice, que tem um jogo por disputar. Com menos dois jogos, o Marselha, que visita hoje o campeão Lille, ocupa o quarto posto, com 14.

Com este triunfo, o Rennes igualou o Lyon no sétimo lugar, com 12 pontos.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.