“Está a correr bem, foi duro nos primeiros dias, com algumas dores da cirurgia e com dificuldade em mexer-me para a casa de banho ou outro lado qualquer, mas a cada dia sinto-me melhor, com menos dor, com mais força”, revelou o jogador.

O defesa, de 26 anos, sofreu em 9 de março, no jogo com o Aston Villa, uma rotura do ligamento anterior cruzado do joelho e ficou em choque com o diagnóstico feito alguns dias depois, que obrigou a uma cirurgia em 20 de março.

Ricardo Pereira enfrenta a recuperação em confinamento, num momento em que todas as competições estão paradas devido à pandemia da covid-19, mas diz que sente “progressos todos os dias”.

“Antes da cirurgia estava sempre em casa, não sai ainda. Acordo, venho cá abaixo, faço a minha reabilitação, muitas das coisas que posso fazer agora, posso fazer de casa”, acrescentou o futebolista.

A rotina do lateral do Leicester envolve o contacto várias vezes por semana com o fisioterapeuta e exercícios de recuperação.

“Tenho videochamada quatro vezes por semana com o fisioterapeuta, algum exercício para ele ver, é isso, e ver séries, filmes, e estar com a família, é a minha rotina”, revelou o jogador.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.