O processo disciplinar, que hoje viu publicada a decisão, resulta numa multa de 1.150 euros e foi movido por “eventual comportamento incorreto violador de deveres gerais”.

Após a derrota, o presidente dos ‘encarnados’ disse que era “hora de dizer basta”, quanto às arbitragens dos jogos das ‘águias’.

O treinador do Estoril Praia, Bruno Pinheiro, também foi alvo de sanção por declarações proferidas, sendo multado em 1.530 euros e punido com 11 dias de suspensão, quando o campeonato já terminou.

O confronto entre Famalicão e Sporting de Braga, da 34.ª e última ronda, que acabou com a vitória dos primeiros por 3-2, ‘rendeu’ três jogos de suspensão ao defesa brasileiro Riccieli, por agressão a David Carmo, cuja ‘resposta’ foi punida com dois encontros de castigo.

A derradeira ronda trouxe ainda multas avultadas quer a FC Porto, que se sagrou campeão nacional, quer a Sporting, pela deflagração de pirotecnia nos estádios, além de um processo disciplinar instaurado ao Vitória de Guimarães, devido a factos ocorridos na receção ao Santa Clara, em 01 de maio.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.