“Neste momento, a única análise é superficial, baseada em alguns números, tudo o que seja fazer uma antevisão não consigo fazer, não conheço as equipas em profundidade. De facto, temos duas equipas com 27 pontos [Portugal e Suíça] e uma com 28 [Inglaterra], que demonstraram constância ao longo do apuramento, mas isso vem alicerçado em muitas outras coisas”, disse o técnico português, em declarações ao canal 11, da Federação Portuguesa de Futebol.

Rui Jorge rejeitou a ideia de ser bom não ter a Espanha, atual campeã, e a Alemanha, finalista vencida na última edição, como adversárias, reiterando a necessidade de conhecer a parte prática daqui para a frente e não entrar no plano teórico.

“Não haverá diferença nenhuma, vou fazer uma convocatória e teremos de demonstrar que somos suficientemente bons para estar na segunda fase. Só me preocupa, para já, a primeira, e é para isso que vamos tentar. O facto de jogarmos os três jogos no mesmo estádio é uma coisa boa”, considerou o selecionador.

O Campeonato da Europa de futebol de sub-21 de 2021 vai disputar-se num formato inédito, com a fase de grupos a decorrer entre 24 e 31 de março e a fase eliminatória (quartos de final, meias finais e final) entre 31 de maio e 06 de junho.

O sorteio de hoje do Europeu de sub-21, que decorrerá na Eslovénia e Hungria, ‘alinhou’ ainda as seleções da Alemanha, Hungria, Roménia e Países Baixos no grupo A, Eslovénia, Espanha, República Checa e Itália no B, e Rússia, Islândia, França e Dinamarca no C.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.