Ogier terminou a prova italiana em 3:19.26,4 horas, deixando o segundo classificado, o seu companheiro de equipa, o britânico Elfyn Evans (Toyota Yaris), a 46 segundos, e o belga Thierry Neuville (Hyundai i20) em terceiro, a 1.05,2 minutos.

Com estes resultados, Ogier, que não somou qualquer ponto na ‘power stage’, a derradeira especial da prova que distribui 15 pontos pelos cinco mais rápidos, tem, agora, 106 pontos no campeonato, mais 11 do que o segundo, Elfyn Evans.

Esta foi a terceira vitória da temporada para Ogier, e a 57.ª da carreira.

“Foi um fim de semana incrível. Pensei que seria um fim de semana horrível por abrir a estrada, mas foi melhor do que em Portugal. Tivemos um dia incrível na sexta e ontem [sábado] conseguimos assumir a liderança. É muito bom para o campeonato”, destacou o piloto gaulês, no final da prova.

No campeonato de construtores, a Toyota tem, agora, 231 pontos contra os 182 da Hyundai.

A próxima ronda do Mundial será de 24 a 27 de junho, com o Rali Safari, no Quénia.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.