Segundo avança a imprensa desportiva, as claques do Sporting voltaram a apupar Frederico Varandas, exigindo a demissão do presidente leonino, numa onda de contestação que tem aumentado desde que a equipa de futebol sénior dos leões foi eliminada pelo Alverca por 2-0 na terceira eliminatória da Taça de Portugal.

Hoje não foi diferente e, aproveitando a presença de Varandas no Pavilhão João Rocha para assistir ao jogo entre Sporting e Leões de Porto Salvo, a contar para a sétima jornada do campeonato de futsal (vencido pelos verde e brancos, por 6-1), os adeptos voltaram a insurgir-se.

Segundo o Observador, o pico da contestação ocorreu na segunda parte. Depois de passar o jogo a fazer cânticos a pedir a demissão de Frederico Varandas com membros de outras claques, parte da Juventude Leonina ocupou a bancada central de forma a encontrar-se mais próxima da tribuna, onde se encontrava o presidente leonino.

Depois, já no exterior do pavilhão, várias pessoas se avolumaram à saída enquanto esperavam por Varandas. O presidente do Sporting, porém, saiu sob a proteção de um perímetro de segurança e entrou numa viatura da PSP que o aguardava na rotunda em frente às instalações.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.