João Sousa, 68.º classificado do ranking mundial, até venceu o primeiro ‘set’ (6-4) frente a Krajinovic, que ocupa a 33.ª posição da hierarquia da ATP, mas perdeu os dois seguintes, por duplo 6-3, após duas horas e seis minutos de confronto.

O número um nacional quebrou o serviço de Krajinovic na fase inicial do encontro e isso foi suficiente para conquistar o primeiro ‘set’, mas o sérvio respondeu da mesma forma no segundo parcial, quebrando o primeiro jogo de serviço de João Sousa e impondo-se por 6-3.

João Sousa perdeu os primeiros dois jogos de serviço no terceiro e último ‘set’, deixando que Krajinovic alcançasse uma vantagem de 3-0, e, apesar de ter ‘quebrado’ uma vez o adversário, permitiu que o sérvio fechasse o encontro no seu serviço, ao segundo ‘match point’.

Krajinovic desequilibrou a balança a seu favor em confrontos com João Sousa, depois de cada jogador ter alcançado antes um triunfo: o sérvio impôs-se em 2018, em Marselha (França), e o português venceu em 2019, em Xangai (China), ambos em três ‘sets’.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.