O número um nacional, que no domingo foi eliminado pelo japonês Yoshihito Nishioka na fase de qualificação para o Masters 1.000 de Cincinnati, nos Estados Unidos, tem como melhor resultado no ranking mundial o 28.º lugar alcançado em maio de 2016.

João Sousa, de 30 anos, continua a ser o único tenista português no ‘top 100′ da hierarquia da ATP, até porque Pedro Sousa, o segundo melhor representante luso, desceu 35 lugares, para o 148.º posto, enquanto João Domingues ocupa o 174.º, depois de ter subido um lugar nesta atualização.

Djokovic permanece como líder do ranking mundial, à frente do espanhol Rafael Nadal e do suíço Roger Federer, segundo e terceiro classificados, respetivamente.

O italiano Fabio Fognini foi o único tenista a entrar nos 10 primeiros colocados, por troca com o sul-africano Kevin Anderson, ocupando, precisamente, o 10.º posto, enquanto o grego Stefanos Tsitsipas caiu duas posições, para sétimo, tendo sido ultrapassado pelo japonês Kei Nishikori (quinto) e o alemão Alexander Zverev (sexto).

No ranking feminino, a japonesa Naomi Osaka desalojou do comando a australiana Ashleigh Barty, recuperando o estatuto de número um mundial que tinha perdido em junho, enquanto a checa Karolina Pliskova manteve-se no terceiro lugar.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.