“Rafael Nadal apresenta (…) uma fissura de stresse do terceiro asco costal esquerdo, que se produziu no encontro das meias-finais de Indian Wells, no sábado. O tempo estimado para o regresso à atividade desportiva é de quatro a seis semanas”, revelou o médico Angel Ruiz-Cotorro.

O tenista espanhol, de 35 anos, lesionou-se na vitória sobre o compatriota Carlos Alcarraz, mas, ainda assim, disputou a final do Masters 1.000 de Indian Wells, na qual sofreu a primeira derrota em 2022, frente ao norte-americano Taylor Fritz, por 6-3 e 7-6 (7-5).

Os exames — ressonância magnética e TAC — realizados hoje em Barcelona revelaram a extensão da lesão de Nadal, que, apesar da derrota no torneio norte-americano em piso duro, subiu do quarto para o terceiro lugar do ranking mundial, ultrapassando o alemão Alexander Zverev.

“Não são boas notícias e não esperava isto. Estou deprimido porque, após um início de temporada tão bom, chegava a uma altura do ano importante com muito boas sensações e resultados. Sempre tive espírito de luta e superação e o que farei é ter paciência e trabalhar para a minha recuperação”, disse Nadal.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.