A jogar em ‘casa’, o maiato, número um nacional e 78.º do mundo, impôs-se ao gaulês, 130.º, pelos parciais de 6-1 e 6-4, num encontro que durou uma hora e um minuto.

Borges, que tinha perdido a final do Maia Open em 2021, venceu o terceiro torneio ‘challenger’ da temporada em singulares, após as conquistas em Monterrey, no México, em fevereiro, e em Phoenix, nos Estados Unidos, em março.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.