Tiago Apolónia e João Monteiro perderam a primeira partida, contra Patrick Franziska e Timo Boll, por 3-0 (17-15, 11-4 e 11-9), antes de Marcos Freitas cair ante Dimitrij Ovtcharov por idêntico resultado (11-9, 11-7 e 11-6) e Apolónia ter cedido perante Boll também sem ganhar um ‘set’ (11-3, 11-9 e 11-8).

O ténis de mesa português, que aqui era nono favorito e enfrentou uma formação alemã que era segunda pré-designada, diz assim adeus a Tóquio2020, depois de Marcos Freitas ter caído nos 'oitavos' em singulares, Tiago Apolónia na segunda ronda e, no feminino, Fu Yu ter saído na terceira ronda e Jieni Shao na segunda.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.