A comissão executiva aprovou a ‘poule’ com 18 equipas — atualmente são 16 divididas em quatro grupos -, inspirada no formato que entrará em vigor uma época antes (2024-25) na competição masculina, em que cada participante vai ter seis jogos, três em casa e outros tantos fora, contudo, contra seis adversários distintos, ao invés dos atuais três.

Cumprida esta fase, os quatro primeiros avançam para os quartos de final, enquanto as oito equipas classificadas entre os quinto e o 12.º lugares vão disputar um play-off, a duas mãos, para se encontrar as outras quatro.

“Esta mudança de formato significa que, sem aumentar o número de jogos nesta fase, as melhores equipas vão defrontar-se com mais frequência e mais cedo, e que todas as formações terão jogos mais competitivos e uma grande variedade de adversários”, justificou a UEFA, em comunicado.

Pela primeira vez, haverá uma segunda competição de clubes, em formato de eliminatórias.

“Isto significa que ainda mais equipas poderão competir contra adversários europeus e que algumas formações afastadas nas primeiras eliminatórias da Liga dos Campeões terão uma segunda oportunidade de disputar uma competição continental”, esclareceu o organismo.

A UEFA explica que ambas as provas “foram desenvolvidas com o objetivo de aumentar a competitividade e maximizar a participação, tendo em conta as restrições de calendário e a carga de trabalho dos jogadores”.

“A qualificação para ambas as competições permanecerá aberta e será conseguida através do desempenho de uma equipa no seu campeonato nacional”, especificou a UEFA.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.