O vimaranense, 149.º colocado no ‘ranking’ ATP, não foi capaz de levar a melhor diante o transalpino, número 188 na hierarquia mundial de ténis, e acabou afastado do torneio norte-americano em três ‘sets’, pelos parciais de 7-6 (7-5), 1-6 e 7-5, em duas horas e 42 minutos.

Após entrar melhor no ‘court’ número seis de Flushing Meadows, em Nova Iorque, onde quebrou primeiro o adversário, o minhoto não conseguiu confirmar o 'break' de vantagem e cedeu o parcial inaugural no equilibrado ‘tie-break’.

Na segunda partida, João Sousa impôs três ‘breaks’ a Paolo Lorenzi, que só conseguiu devolver um, mas não manteve o ascendente no decisivo parcial, mesmo depois de ter chegado a uma vantagem de 2-0.

Confirmada a derrota de João Sousa frente a um adversário que dominava no confronto direto (4-1), Portugal fica agora apenas representado na fase de qualificação do Open dos Estados Unidos por Gastão Elias, o único dos cinco representes nacionais a vencer na jornada inaugural.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.