Aos 33 anos, Anderson tem tido um 2019 complicado, tendo participado em apenas cinco torneios, o último em Wimbledon, tendo chegado à terceira ronda, falhando o evento nova-iorquino devido a um problema no joelho direito.

Foi nos Estados Unidos que conseguiu a primeira de duas finais em ‘Grand Slams’, em 2017, numa derrota frente ao espanhol Rafael Nadal, tendo um registo de 22 vitórias e nove derrotas no torneio.

O 17.º jogador da hierarquia mundial será substituído pelo italiano Paolo Lorenzi, 136.º jogador no ‘ranking’ ATP.

João Sousa, 43.º tenista mundial e único português em prova, vai defrontar o australiano Jordan Thompson (55.º) na primeira ronda do US Open, que arranca na segunda-feira e se prolonga até 08 de setembro.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.