A jovem, de 20 anos, venceu de forma categórica a número 36 do ‘ranking' mundial, por duplo 6-1 em apenas 57 minutos, para se qualificar pela primeira vez na carreira para as meias-finais de um Grand Slam, tornando-se na primeira atleta japonesa a consegui-lo no US Open na Era Open (a partir de 1968).

Em mais um dia quente em Nova Iorque, Osaka (19.ª WTA), que registou no total 59 pontos face aos 28 de Tsurenko, garantiu uma vaga entre as quatro finalistas ao cabo de três presenças no ‘major' nova-iorquino.

"Sinceramente nem acho que esteja assim tanto calor. Sinto-me bem e adoro suar", comentou ainda em court. "Fiquei contente por ter conseguido vencer, porque sabia que ela era uma jogadora muito difícil", acrescentou a nipónica.

Campeã do WTA Premier Mandatory de Indian Wells, Naomi Osaka vai agora medir forças na fase seguinte com a vencedora do encontro entre a espanhola Carla Suárez Navarro e a norte-americana Madison Keys.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.