A notícia foi divulgada numa nota enviada aos clientes. “Tomámos a difícil decisão de fechar a nossa operação”, pode ler-se na nota da plataforma de transporte em veículo descaracterizado (TVDE)

"O nosso serviço deixará de estar disponível em Lisboa e no Porto a partir de 30 de novembro", anunciou a empresa. “Até lá, todos os motoristas poderão continuar a realizar viagens a obter rendimentos”, explicou, admitindo não ter alcançado os objetivos a que se tinha proposto.

“Como resultado de um constante processo de análise das cidades em que operamos, tomámos a decisão estratégica de deixar de ter o nosso serviço operativo em Lisboa e Porto”, acrescentou a empresa espanhola numa nota de imprensa entretanto divulgada e citada pelo Dinheiro Vivo.

A aplicação continuará a funcionar nas mais de 90 cidades pelo mundo em que está disponível.

Entre as operadoras de transporte de passageiros a partir de plataforma eletrónica a funcionar em Portugal atualmente, a primeira foi a Uber, a operar desde 2014. Chegaram depois a Cabify, a Bolt (anteriormente Taxify) e a Kapten (anterior Chauffeur Privé).

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.