Os embaixadores dos Estados-membros chegaram hoje a acordo sobre a possibilidade de anulação de determinadas taxas de utilização da infraestrutura a cargo das empresas ferroviárias, assegurando simultaneamente o reembolso atempado dos fornecedores de infraestruturas, segundo um comunicado.

“Estas regras de emergência específicas visam garantir a continuidade do transporte ferroviário, reduzindo o risco de falências relacionadas com a covid-19 num setor que foi gravemente afetado pela falta de procura temporária dos serviços de transporte”, segundo o comunicado.

As medidas de apoio serão aplicadas de forma neutra, economicamente justificada e transparente, garante o Conselho da UE, que deverá aprovar formalmente a proposta muito em breve.

A pandemia de covid-19 já provocou mais de 889 mil mortos no mundo desde dezembro do ano passado, incluindo 1.846 em Portugal.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.