O Abanca espera ainda concluir em Espanha, também em meados deste ano, a integração do TargoBank (que comprou ao Crédit Mutuel).

O banco espanhol está, assim, num “processo de digestão importante”, disse hoje Juan Carlos Escotet, quando questionado por jornalistas sobre possíveis novas aquisições.

“No entanto, e como é norma da casa, continuamos sempre atentos a oportunidades que possam surgir no mercado. Claramente esta combinação de crescimento orgânico e inorgânico tem-nos dado magníficos resultados”, acrescentou.

Questionado em concreto sobre o português Novo Banco e a possibilidade de ser colocado à venda em bolsa este ano, Juan Carlos Escotet considerou que, para já, são notícias e declarações com uma “forte componente de especulação” e não sendo uma “notícia oficial”, o Abanca “prefere não opinar”.

Sobre a compra do Eurobic, disse que o processo de aquisição de desenrolou “tão rápido como possível” e recusou dar mais detalhes.

O grupo espanhol Abanca anunciou em 15 de novembro do ano passado, em comunicado, a compra da totalidade do EuroBic sem, contudo, divulgar o valor do negócio.

Na semana passada, o banco notificou a Autoridade da Concorrência (AdC) da compra.

“A operação de concentração consiste na aquisição, pelo Abanca Corporación Bancaria, do controlo exclusivo sobre o Banco BIC Português (EuroBic), através da aquisição da totalidade do seu capital social e dos respetivos direitos de voto”, lê-se na informação divulgada pela AdC.

Segundo o Abanca, o banco espanhol vai quadruplicar o número de clientes e triplicar o volume de negócios e pontos de venda em Portugal com esta aquisição.

O Abanca comprou, em 2018, a rede de retalho do Deutsche Bank Portugal e conta com aproximadamente 70 agência no território português.

O presidente do Abanca destacou hoje que o banco tem tido “um intenso crescimento” nos últimos 15 anos, com uma estratégia de aquisições ibérica.

Juan Carlos Escotet falava numa conferência de imprensa em Santiago de Compostela, na Galiza, norte de Espanha, convocada para apresentar os resultados do Abanca em 2023.

O banco teve lucros recorde de 711,3 milhões de euros em 2023, mais do triplo do que em 2022, segundo os dados oficiais divulgados hoje.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.